Blog Wevo

Entenda o que são APIs e plataformas de integração

Você sabe o que são APIs e o que elas têm a ver com o desenvolvimento do seu negócio?

No dia a dia da gestão de um e-commerce, é natural que você se depare com uma grande variedade de termos técnicos de programação. Mas, ainda que não entenda o assunto profundamente, não há motivo para desespero!

Compreender o que são as APIs e qual a importância delas e de uma boa plataforma de integração é mais simples do que pode parecer à primeira vista! Tudo isso você vai descobrir nos próximos tópicos!

O que são APIS?

Uma das grandes revoluções que a internet causou foi facilitar a conexão entre coisas e pessoas. Você pode se conectar a milhares de amigos nas redes sociais, por exemplo. E, com o mesmo login, é capaz de compartilhar sua opinião em diversos sites sobre os mais variados assuntos ou utilizar diferentes aplicativos.

Mas já parou para pensar em como isso é possível?

Essa conexão entre sites e funções existe graças às APIs. A sigla é para Application Programming Interface, que, em bom português, pode ser traduzida como Interface de Programação de Aplicação.

Se o nome parece complicado à primeira vista, acredite: a funcionalidade das APIs não é!

Elas são como pontes que interligam diferentes sites, sistemas ou aplicativos e conseguem transmitir dados de um para o outro. Isso permite que processos que dependem de diferentes sistemas operem de maneira automatizada.

APIs e pizza?

De maneira mais simples: você já pediu pizza por delivery? Se já, então sabe como funciona uma API!

Para que possa receber pedidos, a pizzaria precisa ter um aparelho e um número de telefone disponíveis para os clientes ligarem e, claro, alguém para atender as ligações, certo? E, evidentemente, deve ser alguém que fale o idioma dos consumidores.

Já você, enquanto consumidor, também precisa ter um aparelho e um número de telefone para pedir sua pizza, além de conhecer o número do restaurante.

É uma operação banal, mas, quando destrinchamos todas as suas etapas e os fatores que precisam ser levados em conta para ela funcionar, fica claro como ela depende de muitas variáveis.

Nesse exemplo lúdico, o aparelho de telefone da pizzaria seria como a API de comunicação, o número é o endereço seria a URL da API e o idioma utilizado pelo atendente para compreender o seu pedido é o formato de dados trafegado na API.

Dá para perceber que, sem ela, esse processo trivial seria muito mais difícil ou, no pior dos casos, sequer aconteceria, não é?

As APIs são as interfaces de comunicação (telefone da pizzaria) disponibilizadas por quem recebe uma solicitação (a pizzaria), para realizar determinado processo (atender um cliente que quer comprar uma pizza).

Nem toda pizzaria fica aberta 24 horas por dia, certo? Agora, imagine como as APIs precisam funcionar na prática no universo dos e-commerces, por exemplo!

Um e-commerce é como uma loja aberta 24 horas, sete dias por semana! Sem APIs, dificilmente funcionariam muito bem!

Elas são essenciais para viabilizar a comunicação entre a loja e os vários sistemas utilizados em transações on-line, como a disponibilização de estoque dos produtos, a verificação de fraudes, a aprovação de pagamentos, o acompanhamento do tracking dos pedidos com a transportadora, o monitoramento do preço dos concorrentes e muito mais!

Como as APIS estão presentes no seu dia a dia?

Se você não é programador, pode ser que não perceba as APIs que agem sobre o seu cotidiano, mas elas, com certeza, estão lá!

Veja exemplos de campos em que você provavelmente já se deparou com APIs:

Gamificação

A gamificação é uma tendência que tem se tornado cada vez mais popular em todo tipo de mercado. Estimular a acumulação de pontos ou recompensar por ações é uma estratégia que tem dado certo e pode ser adotada mais facilmente com APIs!

Com elas, seus clientes não precisam sair do seu site para ter uma experiência de consumo com características de game.

E, não se esqueça: o consumidor contemporâneo já tem uma infinidade de produtos à disposição, então o que ele realmente deseja é uma experiência positiva de consumo!

Para conseguir gamificar o seu negócio e oferecer programas de pontuação e fidelidade facilmente, por exemplo, você pode criar as APIs da sua própria empresa ou, ainda mais simples, utilizar alguma plataforma que já disponibilize esses códigos!

E-commerce

Vender já não é a mesma coisa de antigamente.

Prova disso são os e-commerces, que atendem à demanda do consumidor contemporâneo por mais facilidade e personalização no comércio.

As APIs podem ajudar a otimizar ainda mais essas características essenciais a toda loja on-line!

Elas permitem, por exemplo, que você integre as fotografias que seus clientes postam usando seus produtos no Instagram diretamente ao seu site, o que pode aproximar os visitantes da sua marca!

Com elas, também é possível organizar o conteúdo do seu site segundo as preferências de cada visitante, com base em dados de navegação. Além de melhorar a passagem dele pelo seu site, você consegue refinar inclusive as recomendações de produtos.

E as APIs também podem te ajudar na logística!

Operações como transporte e entrega de mercadorias tornam-se muito mais precisas com APIs. Elas podem automatizar o disparo de avisos ao estoque assim que uma venda for fechada, por exemplo, e disponibilizar, tanto para você quanto para o cliente, uma ferramenta de rastreamento do produto até o endereço de destino.

Marketing

Marketing não se trata mais de anunciar insistentemente seu produto a um público-alvo!

As pessoas têm cada vez mais informações facilmente disponíveis sobre praticamente qualquer coisa, e estão dispostas a pesquisar bastante antes de fechar um negócio.

Nesse cenário, o melhor a se fazer (além, é claro, de manter a qualidade dos seus produtos e serviços!) é você mesmo informar e educar o seu público!

É aí que entram as APIs para o seu marketing! Elas te ajudam a automatizar processos e a falar com as pessoas certas no melhor momento!

É possível segmentar suas oportunidades de venda com mais precisão e adicionar leads automaticamente a listas de e-mail específicas, por exemplo.

Assim, quem fez o download de determinado material que você disponibilizou ou visitou alguma página em especial do seu site recebe um e-mail personalizado, que leva as preferências da pessoa em consideração e aumenta as chances de ela se engajar com a sua empresa!

E, já que estamos falando em markerting, vamos dar uma olhada nas APIs de redes sociais!

São elas que permitem incorporar botões de curtir e compartilhar no seu site ou até condicionar a um login no Facebook ou no Twitter o acesso dos visitantes a determinada página, por exemplo.

Já as APIs do Google são o que tornam possível as buscas personalizadas e mais apuradas no seu site, entre muitas outras funções.

Qual a importância das plataformas de integração?

Você já entendeu como as APIs são a ponte para aproximar diferentes processos e programas. Mas, na prática, como você consegue associar tantos softwares com que provavelmente precisa lidar na sua empresa?

As plataformas de integração podem ajudar bastante!

O próprio nome já indica: elas integram tecnologias e automatizam etapas da gestão do negócio.

Como gestor, você sabe que precisa prestar atenção a muitos detalhes. É fácil se perder no emaranhado de termos técnicos que envolvem um negócio digital.

Mas isso não quer dizer que você deva ficar dependente do departamento de TI ou recorrer ao backofficediretamente. Uma boa plataforma de integração conecta a maioria dos programas e plataformas com que você precisa lidar diariamente.

Ela organiza a ordem e frequência com que as APIs são acionadas, monitora o retorno delas e alerta sobre potenciais erros!

E mais: permite a comunicação com outras interfaces de comunicação, como webservices e arquivos de dados; mantém uma cadeia de processos mesmo se um dos sistemas que alimenta essa cadeia ficar indisponível; flexibiliza a arquitetura de integração de sistemas (ou seja, permite que um ou mais deles sejam substituídos individualmente, sem necessidade de revisar toda a arquitetura de integrações).

Quer saber ainda mais sobre o que são as APIs e plataformas de integração e como elas podem melhorar a realidade do seu negócio? Conheça o nosso sistema Hubin e entre em contato conosco para esclarecer todas as suas dúvidas e se aproximar cada vez mais do futuro!

Outros posts que podem te interessar

Entenda o que é marketplace e como funciona!

Se você trabalha em um e-commerce ou com vendas online, com certeza já ouviu falar dos marketplaces! A idéia, que se popularizou com a Amazon dos EUA, chegou ao Brasil em 2012 e tem ganhado cada vez mais espaço no mercado do país. Mesmo assim, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre o que é marketplace e como […]

Leia mais…

Conheça os diferentes tipos de estoque para e-commerce!

Basicamente, o estoque para e-commerce é formado pelos suprimentos e produtos que ele utiliza para suprir as suas necessidades de venda. É o coração da loja virtual, uma vez que sem ele, o empreendimento não tem o que vender — o que dificulta a condução de suas operações. É no estoque onde se concentra a maior parte […]

Leia mais…

Como promover meu e-commerce? Confira 4 dicas e comece agora mesmo

Como promover meu e-commerce? Este questionamento está presente na mente de muitos empreendedores e gerentes. Depois de criar uma loja virtual, é muito comum esperar a chegada dos clientes e o início das vendas. O problema está no espaço entre essas duas etapas! Para que a sua loja online obtenha sucesso, não basta oferecer ao […]

Leia mais…