Blog Wevo

Como aumentar as vendas por meio da integração de sistemas?

A integração de sistemas é indispensável para otimizar todos os processos de um e-commerce e aumentar as vendas! Quanto mais o seu negócio escalar, maior será a sua necessidade de trabalhar com softwares diferentes que cubram diversas funções da empresa.

Você está preparado para aproveitar cada um ao máximo? Descubra neste artigo como integrar os seus sistemas significa um salto de qualidade e de vendas!

Afinal, o que é integração de sistemas?

Imagine que você, brasileiro, viaja para o exterior. Vamos dizer que seja para a Bulgária.

Podemos até supor que você fale um pouco de búlgaro ou consiga se comunicar em inglês para realizar as atividades mais básicas.

Esse já é um bom começo para conseguir se comunicar com as pessoas do país. Mas não significa que você vai entender de verdade a cultura delas ou saber exatamente quais são as regiões mais indicadas para cada tipo de programa, que partes das cidades devem ser evitadas ou mesmo quais gestos é melhor não utilizar.

Você sabia, por exemplo, que, lá, acenar a cabeça para cima e para baixo quer dizer “não”, enquanto acenar de um lado para o outro é sinônimo de “sim”?

É para ajudar nesse tipo de situação e aperfeiçoar sua experiência por diferentes territórios que serve um bom guia turístico. Ele é a pessoa que agirá como uma “ponte” entre a sua cultura e a cultura do país estrangeiro — vai minimizar ao máximo os possíveis ruídos de comunicação e apontar os melhores caminhos.

Com essa metáfora, você já entendeu o que é a integração de sistemas! No nosso exemplo, ela é o guia turístico, enquanto você é um sistema e a cultura búlgara, outro.

Entenda melhor a ideia sem falar búlgaro

Um e-commerce costuma utilizar diversos sistemas (a plataforma de vendas, o ERP, o CRM, entre vários outros), e a tendência é que utilize cada vez mais à medida que se desenvolve.

Em muitos casos, eles são de fabricantes diferentes e não se comunicam entre si — e mesmo sistemas do mesmo fabricante podem não ser capazes de se comunicar com facilidade.

Você não quer que seu negócio se transforme em um “país” em que ninguém consegue se comunicar e nenhum processo é bem-feito, não é?

Uma das grandes vantagens do e-commerce, sob o ponto de vista do empreendedor, é a quantidade de informações que ele consegue reunir sobre seus produtos, clientes e vendas com relativa facilidade, já que opera digitalmente.

Mas isso se perde, caso os sistemas que você utiliza na empresa não conversem bem entre si. Isso significa perda de agilidade nos processos, desperdício de uma oportunidade valiosa de agregar dados e eventuais problemas até para os seus clientes!

Do que as vendas mais dependem no e-commerce e como a integração de sistemas ajuda?

Você sabe que vender é um processo complexo, e demanda atenção a uma série de fatores. Cada sistema que você utiliza auxilia em tarefas diferentes. Mas, no fundo, o que todos pretendem é otimizá-las e ajudar a aumentar as vendas, certo?

Confira alguns pontos importantes para vender mais e saiba como a integração de sistemas pode aprimorá-los!

Catálogo de produtos atualizado

Pode parecer óbvio à primeira vista, mas saber exatamente o que você vende não é tão fácil, se você opera com uma série de sistemas distintos. Especialmente se oferece produtos em um marketplace ou se você mesmo trabalha como um e comercializa a produção de outras empresas.

Para empresas que pretendem trabalhar com uma estratégia omnichannel, a integração de sistemas é particularmente importante, já que uma estratégia assim demanda um bom contato entre vários pontos.

É necessário que o seu estoque esteja em sintonia com a plataforma do marketplace e que sua plataforma de e-commerce permaneça em contato com o ponto de venda físico.

Se a comunicação entre os softwares for deficiente, pedidos podem se perder (infelizmente, um problema comum de muitos e-commerces) e a experiência do consumidor é arruinada!

Com a integração de sistemas, o consumidor tem mais facilidade para comprar em todos os canais que você oferece para vendas, e você entrega o que promete!

Estoque bem gerenciado

Gerenciar o estoque é um desafio que se torna maior à medida que o negócio cresce e se diversifica.

Torna-se interessante, por exemplo, segregar o estoque por canal de vendas (para garantir que as vendas em um canal não impacte negativamente o outro) e fica cada vez mais complexo localizar itens fisicamente com agilidade.

É necessário integrar o sistema de gerenciamento de estoque (WMS) a vários outros. É importante que ele troque informações com o ERP e com a plataforma de e-commerce para indicar em tempo real os produtos disponíveis e registrar o que precisa ser entregue.

Também é fundamental que ele seja integrado ao sistema de gerenciamento de transporte (TMS) para agilizar a entrega ao cliente de forma inteligente — com tracking preciso e boa previsão de entrega.

Preço justo

Definir o preço dos seus produtos envolve muitos fatores — como seus custos na produção.

Esse valor não pode ser determinado a esmo, por isso é indispensável cruzar e analisar dados de várias fontes para estabelecê-lo da forma mais justa para o consumidor e para sua própria marca.

Um bom ERP identifica esses pontos e faz ainda mais!

É comum, por exemplo, que empresas fiquem de olho no preço do concorrente para manter a competitividade. Mas fazer isso “à mão” é uma perda de tempo que poderia ser gasto de maneiras mais inteligentes.

Uma solução para automatizar esse processo e, assim, aperfeiçoá-lo, é integrar a plataforma de e-commerce a um software de monitoramento de preço.

Na plataforma de integração, pode haver um mecanismo para adequar automaticamente o preço do seu produto segundo o valor da concorrência com base em uma função, e parâmetros pré-determinados.

Assim: toda vez que o produto do concorrente atingir preço igual ou menor ao seu, o mecanismo abaixa o seu em 1%, R$1,00 ou qualquer outro fator — claro, limitado a um valor que você determinar!

Marketing inteligente

O melhor marketing não se comunica com todas as pessoas. Ele fala com a pessoa certa no momento exato!

Você precisa saber muito bem em quê está mirando, e a única forma de ter certeza é conduzir o seu marketing com dados mais precisos sobre o seu público.

Uma forma interessante de fazer isso é integrar a plataforma de e-commerce ao sistema dos pontos de vendas fixos.

Quando o cliente acessar sua loja online, estarão registrados os pedidos que ele realizou pela internet e na loja física, e as recomendações de novos produtos serão baseadas em todas as compras que ele realizou com a sua marca, independente do canal de venda.

O envio de ofertas e de conteúdo para os seus clientes torna-se mais personalizado e tem mais chances de atingí-los se for direcionado segundo o interesse e os hábitos de consumo de cada um.

Uma ferramenta de automação de marketing (que dispara emails segmentados, entre várias outras funções) pode ser integrada ao seu CRM, por exemplo, para refinar a comunicação com cada consumidor.

É possível até registrar quando um cliente abandona o carrinho de compras online ou consulta a descrição de um produto e não chega a adquirí-lo. Com essas informações, você envia mensagens automáticas, mas personalizadas, para reaproximá-lo da compra.

E a utilidade de reunir dados sobre o público vai além do markerting digital! Se oa sua aplicação de BI (business intelligence) aponta que o seu maior número de vendas de determinado produto está em uma região específica do país, por exemplo, você pode direcionar mais publicidade para os meios locais dessa área.

Clientes satisfeitos

Clientes satisfeitos podem se tornar clientes fiéis. Em maior ou menor grau, todos os tópicos que vimos até aqui contribuem para aumentar a satisfação do consumidor.

A integração de sistemas pode ajudar de maneira bem direta a satisfazer o cliente, mesmo em situações em que ele precise reclamar.

As reclamações sobre produtos no chat em seu portal de serviços/auto-atendimento precisam ser compartilhadas com o CRM, que pode direcionar um cupom de desconto para os clientes insatisfeitos utilizarem na sua plataforma de e-commerce.

Sem falar em pontos mais básicos, mas essenciais, como a troca de informações entre atendimento online e por telefone. Se a equipe na linha telefônica não tiver acesso instantâneo ao histórico de reclamações online do cliente com quem fala, pode aborrecê-lo ainda mais!

Agora que você entendeu como a integração de sistemas pode ajudar a aumentar as vendas do seu e-commerce de diversas maneiras, que tal ver como uma plataforma de integração funciona na prática?Entre em contato conosco para descobrir!

Outros posts que podem te interessar

Marketplace para vendas: tire suas principais dúvidas sobre o assunto!

Marketplace para vendas é uma tendência forte no mercado digital. Em algum ponto da trajetória do seu e-commerce, você já deve ter se perguntado se vale a pena comercializar em um e quais cuidados precisa tomar antes de empreender nesse sentido, não é? Neste artigo, você vai solucionar as principais dúvidas sobre marketplace para decidir […]

Leia mais…

Como promover meu e-commerce? Confira 4 dicas e comece agora mesmo

Como promover meu e-commerce? Este questionamento está presente na mente de muitos empreendedores e gerentes. Depois de criar uma loja virtual, é muito comum esperar a chegada dos clientes e o início das vendas. O problema está no espaço entre essas duas etapas! Para que a sua loja online obtenha sucesso, não basta oferecer ao […]

Leia mais…

Como identificar uma boa plataforma de e-commerce?

Criar um e-commerce não é uma tarefa fácil, são várias decisões importantes para tomar, e escolher uma boa plataforma de e-commerce é uma delas! Afinal, com tantas opções disponíveis no mercado, acabam surgindo muitas dúvidas. Mas fique calmo — essa dúvida é mais comum do que você imagina! Pensando nisso, no post de hoje, listamos 5 […]

Leia mais…