Blog Wevo

5 dicas de segurança para e-commerce que você não pode ignorar

Para que uma loja virtual seja um sucesso, é necessário ter muito mais que um design atraente e bons produtos. Com o frequente crescimento do e-commerce no Brasil, os clientes estão cada vez mais exigentes e prezam pela proteção de seus dados. Investir na proteção da sua loja virtual é um dos requisitos que aumentará suas vendas e o retorno desse consumidores.

Preparamos 5 dicas de segurança para e-commerce que precisa conhecer. Continue a leitura e confira!

1. Aposte nos selos de segurança

Existem várias empresas que monitoram ações de vírus, fraudes em análises de produtos, verificam a legitimidade do site, entre outros. Como são empresas com grande autoridade no mercado, exibir esses selos em seu site mostrará para o seu cliente que seu e-commerce tem o compromisso de proteger dados.

Existem algumas posições estratégicas em que se pode colocar os selos, como o rodapé do site e próximo do botão “comprar”, o que mostrará para o cliente que todas as informações estão protegidas.

2. Utilize uma boa plataforma

A maioria das lojas virtuais utilizam alguma plataforma para servir como gerenciador. A plataforma é um sistema facilitador do gerenciamento dos estoques, preços e outras funções do dia a dia do e-commerce.

Opte por plataformas mais populares, já que encontrará uma gama maior de materiais. Verifique com sua equipe de TI se é possível incrementar a segurança por meio de plugins.

Existem várias plataformas no mercado, e escolher qual é a melhor pode ser complicado, Por isso temos algumas dicas para facilitar essa escolha:

  • atualizações constantes;
  • compatibilidade com os navegadores modernos;
  • ter um bom suporte;
  • layout responsivo;
  • permitir a utilização de produtos de segurança, como o SSL.

3. Tenha certificação SSL

Para que uma compra seja concluída com sucesso, o cliente precisa fornecer os seus dados pessoais. O certificado SSL (Secure Socket Layer) é uma tecnologia de segurança que faz com que os dados informados, sejam enviados do site para o servidor com criptografação.

Além de garantir a segurança dos dados dos clientes, o SSL também tem influência no SEO do seu e-commerce. O Google, em 2014, incorporou em seu algoritmo, o uso de certificados SSL como fator de ranqueamento. Como a conexão se torna segura entre os navegadores e os servidores, os sites ficam mais seguros para a interação do usuário com o site.

4. Verifique regularmente a vulnerabilidade

Converse com sua equipe de TI para que realize regularmente a verificação de possíveis vulnerabilidades em seu e-commerce. Independentemente da frequência que for feita a verificação, garantirá que todos os sistemas de segurança estão funcionando e cumprindo seu papel de proteger os dados dos clientes.

Uma dica é verificar se o abandono do carrinho está muito alto. Além de mostrar como anda a taxa de conversão do seu e-commerce, pode ser um indicador de que existem algumas pessoas maliciosas procurando alguma brecha de segurança em seu site.

5. Invista em uma boa infraestrutura de vendas

Ter uma boa infraestrutura de vendas é um dos pontos-chave para a segurança no e-commerce. A finalização da compra é a etapa na qual o cliente fornece uma maior quantidade de informações pessoais, portanto, garantir que essas informações fiquem seguras é primordial.

Separamos 2 exemplos de processos que estão dentro dessa infraestrutura:

Tenha uma hospedagem dedicada ao seu e-commerce

Ter um servidor exclusivo para o seu site fará com que ataques massivos não tenham efeito em seu site, garantindo assim a segurança dos dados.

Utilize gateways de pagamento

São softwares que fazem a proteção no momento da finalização da compra. O sistema faz a comunicação criptografada entre o servidor e o meio de pagamento utilizado.

Independentemente do tamanho da sua loja virtual, é preciso sempre se preocupar com a segurança dos dados. Por isso, não poupe esforços para ter os melhores serviços de segurança no seu e-commerce. Essas dicas de segurança para e-commerce são alguns passos para melhorar a segurança e aumentar a confiança do consumidor com a sua loja.

Se você tem alguma dúvida ou quer compartilhar sua experiência no assunto, deixe seu comentário aqui no post!

Outros posts que podem te interessar

Como criar e desenvolver uma estratégia omnichannel em sua empresa?

Atender bem independentemente do canal de vendas — essa é a premissa para criar uma estratégia omnichannel, que deve ser pautada no alinhamento das informações e na visão do cliente como um todo. Conhecendo-o é possível atendê-lo bem e aplicar de forma mais precisa as ferramentas de business intelligence. Em geral, focar nesse tipo de […]

Leia mais…

Como a integração entre e-commerce e backoffice faz o negócio crescer?

A integração de e-commerce e backoffice pode fazer a diferença para o seu negócio. Quando pensamos em integração de e-commerce, podemos abordar a interligação de sistemas por diferentes perspectivas. Essas conexões contribuem para aumentar a abrangência da loja virtual e consequentemente atingir melhores resultados de vendas e excelência no atendimento ao consumidor. Um dos exemplos […]

Leia mais…

CRM para e-commerce: entenda a importância dessa estratégia!

Para um empreendimento obter sucesso, é fundamental conhecer muito bem o cliente, pois, somente é possível conquistar um consumidor sabendo o que ele deseja e mostrando como ele é importante para a empresa. Para isso, nada melhor do que um bom CRM para e-commerce. De acordo com uma pesquisa da Bain & Co., o aumento […]

Leia mais…